5 dicas para evitar gastos em uma crise

Esta é uma das minhas 5 dicas favoritas para evitar gastos em uma crise: O planejamento de negócios é vital, mas a organização também. Uso o termo organização vagamente. Em qualquer organização, existem pessoas que fazem tudo – desde realizar o trabalho até cuidar das preocupações do cliente e manter tudo funcionando perfeitamente. E há outros que desistem e permitem que o caos consuma sua organização.

Cada tipo de funcionário pode aprender com os erros dos outros. Se você não tem experiência em gerenciar o caos, é importante trabalhar com outras pessoas que tenham. Mesmo executivos experientes podem aprender com as experiências dos outros. Mas para criar um ambiente de alto desempenho e sucesso, é absolutamente essencial ter um processo de planejamento de negócios eficaz.

Não conheço ninguém que tenha sucesso nos negócios sem uma sólida estrutura organizacional.

Por melhor que seja o desempenho da organização, é quase impossível atingir o máximo de resultados a menos que haja um conjunto de metas e objetivos claramente definidos. Alcançar objetivos claros é importante porque eles servem como um roteiro para o negócio. Sem metas claramente definidas, não há como medir o desempenho.

Depois de ter metas, você precisa determinar quais devem ser essas metas. Eles devem ser importantes para a organização, mas precisam ser práticos. Se forem muito gerais, não terão dentes; se forem muito específicos, não ajudarão a organização a atingir seu propósito. Você não quer gastar recursos valiosos em atividades que não estão diretamente relacionadas aos objetivos da organização. Esses tipos de atividades serão apenas dinheiro desperdiçado.

Certifique-se de compreender a cultura do seu negócio. É fundamental que você compreenda o estilo de trabalho e as expectativas de cada funcionário individualmente. Dessa forma, você pode antecipar como eles se comportarão e o que esperam de você. Isso pode ser particularmente importante se você empregar novos contratados. Além disso, é importante resolver os problemas rapidamente para evitar interrupções na produção ou nos negócios.

Esteja preparado para qualquer contingência.

Ninguém quer gastar dinheiro apenas para descobrir que a situação está fora de controle. É melhor deixar esse tipo de planejamento de contingência para especialistas. Consultar um profissional pode fornecer informações sobre o que as organizações devem fazer em caso de desastres inesperados. Eles podem ajudar a determinar quais fontes de fundos são escassas e quais devem ser continuadas. Além disso, esses profissionais podem fornecer orientação sobre como manter uma organização operando de forma eficiente após uma catástrofe.

O mais importante a lembrar é que você precisa ser capaz de absorver o impacto de quaisquer problemas de orçamento. Isso significa que pode haver um problema temporário de fluxo de caixa e que você deve adotar uma estratégia que permita uma recuperação rápida dessa situação. Por exemplo, algumas organizações usam recursos de fundos de emergência para executar as operações do dia a dia. Outras empresas operam como pequenas empresas e precisam contar com suas próprias finanças para continuar operando. Nesse caso, os processos normais de negócios devem continuar até que os fundos sejam restaurados.

Uma das dicas mais importantes para evitar gastos em uma crise é desenvolver um bom orçamento. Definindo limites de gastos e revisando esses limites periodicamente, você pode manter uma organização operando dentro de um orçamento razoável. Além disso, é importante examinar regularmente o desempenho do pessoal-chave, como gerentes, líderes e acionistas. Se os problemas forem identificados, eles podem ser resolvidos antes que saiam do controle.

Depois de estabelecer os orçamentos apropriados para sua organização, você deve determinar como esses orçamentos serão usados.

Por exemplo, se houver atividade significativa em um determinado departamento, é importante comprar os suprimentos necessários para apoiar essa atividade. Para fazer isso, você deve ter estoques adequados. Da mesma forma, se você se deparar com uma situação de emergência, deve determinar a quantidade máxima de dinheiro que pode gastar e, em seguida, alocar o dinheiro para cobrir suas despesas. Reservar uma almofada para eventos inesperados é essencial porque despesas inesperadas podem aumentar rapidamente.

A última dica a ser usada no gerenciamento de seu orçamento em caso de emergência é configurar um sistema que permite definir e cumprir orçamentos. Seu orçamento deve ser flexível o suficiente para levar em consideração qualquer evento inesperado que possa ocorrer. Por exemplo, pode ser difícil estimar o custo de um desastre se você não souber quais são os preços normais. Para ajudá-lo a manter um orçamento preciso, pode ser benéfico desenvolver uma planilha que você possa usar para registrar despesas, gerar estimativas de receita e controlar suas dívidas. Ao fazer alterações em seu orçamento, é importante que você considere os efeitos de suas decisões a longo e curto prazo.

Para gerenciar seu orçamento de maneira eficaz, você deve ser proativo. Você deve fazer escolhas sábias sobre para onde seu dinheiro está indo. Muitas vezes, pode ser melhor deixar outra pessoa gerenciar seu orçamento do que tentar fazer você mesmo. Se você tentar administrar seu orçamento sozinho, poderá facilmente descobrir que sua organização está com pouco dinheiro e suas metas e objetivos se tornam confusos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *