Saiba como controlar as contas de casa e manter as finanças pessoais em dia

Quer saber como controlar  as contas de sua casa e manter as finanças pessoais em dia?

Finanças Pessoais

Finanças é o gerenciamento de dinheiro, principalmente em relação a empresas, organizações ou governos.

Especificamente, ele lida com as questões de como um indivíduo, empresa ou governo adquire o dinheiro necessário – chamado capital no contexto da empresa – e como eles gastam ou investem esse dinheiro.

Finanças são, então, geralmente divididas pelas seguintes categorias principais: finanças corporativas, finanças pessoais e finanças públicas.

Sabia que antes mesmo da pandemia em 2019, cerca de 36% dos brasileiros afirmavam que não tinham controle das suas finanças pessoais.

E, agora mais do que nunca, você aprender a administrar o seu dinheiro vai ser mais necessário, para que as suas dívidas de 2020 não se estendam ou até mesmo aumentem em 2021.

Conheça algumas dicas para manter as suas finanças de casa em dia

Saiba que deixar as finanças pessoais de lado é um hábito que tanto você quanto os brasileiros precisam abandonar para passar melhor por esta e outras crises.

Além de você melhorar a sua qualidade de vida, pois, afinal, assim como qualquer outro hábito, organizar o próprio dinheiro dá trabalho no começo, mas, depois que já se tem uma técnica, esta ação se torna parte da rotina.

Procure calcular os ganhos e os seus gastos

A única maneira de saber se existem mais gastos do que deveria ter é você colocar no papel detalhadamente a quantidade de dinheiro que entra na casa e a quantidade que está sendo gasta com as despesas pontuais e as fixas.

Primeiramente, o que você deve fazer é identificar os seus gastos recorrentes, como por exemplo: as suas contas da casa, alimentação, saúde, entre outros, e ver a partir disso se os valores caberão no orçamento.

Então no mês seguinte, será preciso que você preste atenção nos seus gastos pontuais, como por exemplo: os passeios, comidas diferentes , entre outros.

Pois, esses também deverão ser anotados, o que poderá ser trabalhoso no começo, mas, será necessário para poder estipular o quanto do salário deverá estar disponível para esses tipos de atividades sejam realizados, se prejudicar  as suas finanças.

Nos próximos meses, essa estimativa irá ficar cada vez mais precisa, e com isso o trabalho será melhor.

Procure guardar o dinheiro da forma correta

Atualmente, é muito falado a respeito dos diferentes tipos de investimento, mas você que não tinha uma vida financeira com regras ou possui muitas dívidas no momento, investir poderá não ser o ideal.

Isso porque primeiramente é necessário que você tenha uma reserva de emergência à disposição para assim evitar cair em mais dívidas, caso ocorra um imprevisto.

Uma boa dica é você guardar em uma poupança, que apesar de render pouco, cumpre o requisito de disponibilizar o saque a qualquer momento que estiver precisando.

Procure trabalhar contra a impulsividade

O que não é realmente urgente para você não precisa ser comprado, especialmente se for caro e também estiver fora do seu orçamento. 

Isso não significa que as grandes compras, como casa, carro e viagens, não possam ser feitas, pois é necessário lutar contra a sua impulsividade e fazer um bom planejamento para isso.

Nesse caso a decisão ideal seria que você pagasse à vista, mas como na maioria das vezes isso não é possível, será importante ter um planejamento de quantidade de parcelas.

E assim manter as suas finanças pessoais e da casa em dia!

Leia Também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Buscando a melhor opção…

0

Rolar para cima